Tags:

Turismo na terceira idade: idosos aproveitam o tempo livre para viajar

- 04/05/2016

Como é viajar na terceira idade? Cada vez mais idosos optam pelo turismo como forma de lazer. Saiba mais sobre dicas e cuidados na hora de viajar. 

Amanda Moreno | Foto do destaque: Reprodução/Arquivo Pessoal

Viajar é desejo de muitos e, depois da aposentadoria, essa vontade pode crescer ainda mais. A população brasileira idosa deve chegar a 65 milhões em 2050, de acordo com o relatório Envelhecendo em um Brasil Mais Velho, do Banco Mundial. Além de estar na mira de diversos outros segmentos, no turismo, não é diferente: há um leque de opções de pacotes de viagens feitos especificamente para esse grupo.

A aposentada Vera Zonta, 65, nasceu na Bahia mas mora em São Paulo desde a adolescência. “O local para onde mais viajo é a Bahia, para matar a saudade dos familiares e das cidades que já visitei”, conta. Vera diz que costuma tomar certos cuidados antes de viajar. “Eu atualizo a carteira de vacinas, vou ao médico e pergunto sobre medicamentos que devo levar em caso de alguma eventualidade. As minhas receitas médicas, caso precise de algum remédio, sempre vão na mala”, explica.

Vera aproveita a visita à Bahia para revisitar pontos turísticos de Salvador | Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

A aposentada faz críticas às limitações de viagens para o idoso. “O que poderia ser feito para melhorar o conforto, é a liberação de pelo menos dois lugares gratuitos nos aviões, como já existe nos ônibus. Além disso, falta ampliar o número de assentos preferenciais nos ônibus de viagem de dois, para quatro, pois a procura é grande”, afirma. Vera declara ainda que a melhor escolha é viajar fora de época de feriados e férias.

Obrigação com o idoso

De acordo com o Estatuto do Idoso, as empresas de transportes rodoviários interestaduais são obrigadas a reservar dois assentos gratuitos para pessoas com idade mínima de 60 anos e renda igual ou inferior a dois salários mínimos. Se os assentos reservados já estiverem ocupados, a empresa deve oferecer desconto de 50%, no mínimo, no valor das passagens. A Cartilha do Idoso, elaborada pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), está disponível no site da entidade. 

Romilda Barros, 68, complementa o trabalho ao lazer. A aposentada trabalhadora organiza excursões para diversas cidades do Brasil. Além de gerar renda, ela conta que a ocupação lhe proporciona a descoberta de novos lugares, assim como o retorno a antigos destinos. “Já fomos para algumas cidades na Bahia, como Porto Seguro, Paulo Afonso e Ituberá, além de Natal (RN) e Fortaleza (CE)”, relata.

Nas viagens promovidas, os participantes, que costumam ser de público em geral e não apenas idosos, compram o pacote completo, com transporte, hospedagem, passeios e alimentação. “Primeiro eu vou à cidade para conhecer e verificar preços e condições de hospedagem, passeios e restaurantes. A depender, fecho o pacote com hotel para fornecer o café da manhã, almoço e jantar”, pondera.

Incentivo governamental

Para facilitar a inclusão no mercado de viagens de pessoas com mais de 60 anos, o programa Viaja Mais Melhor Idade, iniciativa do Ministério do Turismo, oferece descontos, condições especiais e serviços personalizados para os idosos. Até o encerramento da primeira edição, em 2010, foram vendidos cerca de 600 mil pacotes turísticos, gerando mais de R$ 531 milhões.

EDIÇÃO 2022.2

A invisibilidade que nos cerca

De que perspectiva você enxerga o que está ao seu redor? A segunda edição de 2022 do Impressão Digital 126, produto laboratorial da disciplina Oficina de Jornalismo Digital (COM 126) da FACOM | UFBA, traz diferentes ângulos jornalísticos sobre o que nos marca enquanto sociedade, especialmente àquilo que fazemos questão de fingir que não existe. […]

Turma 2022.2 - 07/12/2022

De R$ 4,90 para R$ 5,20

Aumento da tarifa de ônibus em Salvador afeta rotina de estudantes universitários

Estudantes relatam dificuldades criadas pelo aumento do valor da passagem de ônibus em Salvador O aumento de trinta centavos no valor da passagem de ônibus em Salvador (R$4,90 para R$5,20), anunciado de maneira repentina pela Prefeitura, entrou em vigor no dia 13 de novembro. Tal medida vem prejudicando o cotidiano dos estudantes, especialmente aqueles que […]

Jessica Santana, Laura Rosa, Lucas Dias, Lucas Mat - 07/12/2023

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Bahia é terceiro estado com maior número de partos em menores de idade

Estado registrou 6.625 partos em mulheres de até 17 anos; especialistas apontam falta de acesso à educação sexual como um dos principais motivadores Defendida por parte da sociedade e rechaçada por outra parcela, a educação sexual nas escolas é um tema que costuma causar polêmica quando debatido. Ainda assim, seu caráter contraditório não anula o […]

Larissa A, Lila S., Luísa X., Patrick S - 07/12/2023

catadores da cooperativa Canore reunidos

Desenvolvimento sustentável

Racismo Ambiental em Salvador e Economia Circular

Entenda como esse modelo de produção une sustentabilidade, cooperativas de reciclagem e a luta contra as desigualdades sociais Em meio à crise das mudanças climáticas, a cidade de Salvador tem registrado temperaturas maiores do que a média histórica, chegando a sensações térmicas acima dos 34ºC. Para combater os efeitos do aquecimento global, organizações e iniciativas […]

Anna Luiza S., Jackson S., Luiza G. e Pedro B. - 06/12/2023

Na imagem, uma mulher de blusa verde segura uma cesta com plantas medicinais em frente a uma barraca laranja que tem outras plantas e bananas

Desenvolvimento Sustentável

Feira une produção e consumo sustentáveis na UFBA

Realizada às sextas-feiras, Feira Agroecológica da UFBA se torna elo de ligação entre pequenos produtores e consumidores em busca de alimentação saudável A Feira Agroecológica da Universidade Federal da Bahia – apelidada carinhosamente de “Feirinha” – é um projeto de extensão do componente curricular “BIOD08 – Comercializando a Produção Agroecológica”, ministrado no Instituto de Biologia […]

Celso Lopez;Daniel Farias;Jade Araújo;Melanye Leal - 06/12/2023