Tags:, , , ,

Um quarto coletivo para todos

- 14/05/2014

Em Salvador, albergues são opções de hospedagem mais em conta diante dos altos valores hoteleiros no período da Copa

Lucas Gama

Nos meses de junho e julho, período da Copa do Mundo de Futebol da Fifa em 2014 no Brasil, albergues, ou hostels, oferecem quartos com reajustes menores do que os praticados pelos hotéis. Enquanto nestes o aumento é de mais de 300% em relação à baixa estação, na maioria dos albergues o aumento é de 100%. Os dados da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis na Bahia (ABIH-BA) mostram que a maior parte dos 42 mil leitos disponíveis em hotéis de Salvador para o período da Copa já está reservada. Com a alta ocupação hoteleira, hostels na capital baiana aparecem como formas de hospedagem alternativa.

Leia mais

Salvador se prepara para receber estrangeiros

Onde ficar – Os valores mudam entre o eixo Barra-Ondina-Rio Vermelho e o Centro Histórico, as duas regiões que concentram os mais de 30 albergues de Salvador. Os hostels situados na Barra oferecem quartos coletivos que variam entre R$ 80 e R$ 115 por pessoa no período dos jogos. Já no Pelourinho, os preços de quartos coletivos semelhantes variam entre R$100 e R$ 215.

O Hosteling International (HI), federação internacional de albergues, com mais de 4 mil afiliados ao redor do mundo, conta com três deles em Salvador – na Ondina, na Barra e no Pelourinho. Com donos diferentes, os três representam a variação do preço nas duas regiões. Durante a Copa, o valor do albergue no Pelourinho aumenta mais do que nas outras regiões, atingindo também um crescimento de mais de 300% em relação à baixa temporada. A cama em um quarto coletivo sem ar-condicionado vai custar, durante a primeira fase dos jogos, R$ 180 por noite, subindo para R$ 200 nas outras etapas do torneio. Já no Hostel Barra e Hostel Ondina, o preço do quarto sem ar é de R$ 80 durante todo o mundial.

No pelourinho, o Laranjeiras Hostel apresenta quartos coletivos a partir de R$ 180 para o período da Copa. Fonte: Divulgação

Os três albergues apresentam valores praticamente iguais para seus quartos coletivos, em períodos sem grandes eventos. Os dormitórios sem ar-condicionado vão de R$ 40 para R$ 45 da baixa para a alta temporada, enquanto os que têm ar sobem de R$ 45 para R$ 55. Segundo o gerente do Hostel da Ondina, Luca Felício, a associação do HI não interfere nos valores dos albergues, principalmente, em épocas de eventos. Ele conta que o mais comum é os próprios albergues equilibrarem os preços entre si.

Outras alternativas – Campings, aluguel de casa, quartos ou estadia no sistema bed and breakfast são opções no Brasil para turistas estrangeiros que buscam hospedagem fora de hotéis. Em 2013, segundo o Ministério do Turismo, metade dos visitantes no país optaram por alguma destas formas de hospedagem.

Confira entrevista do ex-ministro do Turismo

Campings também são indicados como hospedagem alternativa no site especializado no assunto do Ministério do Turismo. Em Salvador, existe somente um, com diárias de R$ 25 por pessoa. Situado a 23 km do estádio, a grande inviabilidade do Camping Ecológico de Itapuã no período da Copa do Mundo é a sua localização. O acampamento fica próximo ao Hotel Catussaba, na divisa entre os bairros de Itapuã e Stella Maris. Ônibus são escassos apesar de ser possível ir e vir do centro da cidade. Com um aumento para a Copa de apenas R$ 5 em cima do valor da baixa temporada (R$ 20), não é possível fazer reservas.

Entrada para o Camping Ecológico. Fonte: Divulgação

EDIÇÃO 2022.2

A invisibilidade que nos cerca

De que perspectiva você enxerga o que está ao seu redor? A segunda edição de 2022 do Impressão Digital 126, produto laboratorial da disciplina Oficina de Jornalismo Digital (COM 126) da FACOM | UFBA, traz diferentes ângulos jornalísticos sobre o que nos marca enquanto sociedade, especialmente àquilo que fazemos questão de fingir que não existe. […]

Turma 2022.2 - 07/12/2022

De R$ 4,90 para R$ 5,20

Aumento da tarifa de ônibus em Salvador afeta rotina de estudantes universitários

Estudantes relatam dificuldades criadas pelo aumento do valor da passagem de ônibus em Salvador O aumento de trinta centavos no valor da passagem de ônibus em Salvador (R$4,90 para R$5,20), anunciado de maneira repentina pela Prefeitura, entrou em vigor no dia 13 de novembro. Tal medida vem prejudicando o cotidiano dos estudantes, especialmente aqueles que […]

Jessica Santana, Laura Rosa, Lucas Dias, Lucas Mat - 07/12/2023

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

Bahia é terceiro estado com maior número de partos em menores de idade

Estado registrou 6.625 partos em mulheres de até 17 anos; especialistas apontam falta de acesso à educação sexual como um dos principais motivadores Defendida por parte da sociedade e rechaçada por outra parcela, a educação sexual nas escolas é um tema que costuma causar polêmica quando debatido. Ainda assim, seu caráter contraditório não anula o […]

Larissa A, Lila S., Luísa X., Patrick S - 07/12/2023

catadores da cooperativa Canore reunidos

Desenvolvimento sustentável

Racismo Ambiental em Salvador e Economia Circular

Entenda como esse modelo de produção une sustentabilidade, cooperativas de reciclagem e a luta contra as desigualdades sociais Em meio à crise das mudanças climáticas, a cidade de Salvador tem registrado temperaturas maiores do que a média histórica, chegando a sensações térmicas acima dos 34ºC. Para combater os efeitos do aquecimento global, organizações e iniciativas […]

Anna Luiza S., Jackson S., Luiza G. e Pedro B. - 06/12/2023

Na imagem, uma mulher de blusa verde segura uma cesta com plantas medicinais em frente a uma barraca laranja que tem outras plantas e bananas

Desenvolvimento Sustentável

Feira une produção e consumo sustentáveis na UFBA

Realizada às sextas-feiras, Feira Agroecológica da UFBA se torna elo de ligação entre pequenos produtores e consumidores em busca de alimentação saudável A Feira Agroecológica da Universidade Federal da Bahia – apelidada carinhosamente de “Feirinha” – é um projeto de extensão do componente curricular “BIOD08 – Comercializando a Produção Agroecológica”, ministrado no Instituto de Biologia […]

Celso Lopez;Daniel Farias;Jade Araújo;Melanye Leal - 06/12/2023